Comer, Este ano vamos, Portugal

Tasqueiros Sem Lei: boa comida, roupa e decoração à antiga

21 Fevereiro, 2018

O Tasqueiros Sem Lei andou na minha lista de “restaurantes a experimentar” durante vários meses.

Cheguei até a passar perto de Santa Maria da Feira diversas vezes, mas nenhuma dessas viagens calhou ser à hora de almoço ou de jantar… e assim fui adiando esta visita gastronómica.

Finalmente, consegui lá ir. Acabei por aproveitar um passeio a Aveiro para resolver assim esta já longa espera.

tasqueiros sem lei roupa

Tinha avisado os miúdos de que íamos a um restaurante onde as pessoas andavam vestidas a rigor à antiga, ao estilo anos 1920. Era então assim como se fossemos mesmo a uma tasca de outros tempos.

Eles ficaram curiosos.

tasqueiros sem lei empregados

Depois também brincámos com o nome giro do restaurante – Tasqueiros Sem Lei. E cada um tentou adivinhar o que lá iríamos encontrar…

– E a comida é boa, mãe? perguntou um deles.

tasqueiros sem lei petiscos

Pois, que as prioridades de um adolescente tendem a pender sempre mais para as escolhas e quantidades (especialmente as quantidades) gastronómicas do que propriamente para o lifestyle do sítio…

E foi assim que as expectativas foram ficando altíssimas em relação a esta visita ao Tasqueiros Sem Lei!

Com um conceito muito especial de partilha e petiscos, não desiludiu. A simpatia honesta e os sabores portugueses estão todos lá. Nós provámos – e aprovámos – alguns deles:

  • Sopa de feijão (1,5 €)
  • Pataniscas de bacalhau (4 €)
  • Morcela (4,5 €)
  • Bochechas de porco (4,5 €)
  • Sande de bochecha de porco com queijo da serra (3,9 €)
  • Prego no pão (3,5 €)
  • Maça assada (1,5 €)
  • Fogacinha com queijo da serra e compota de abóbora (4 €)

Contem também com uma boa oferta de vinhos e cervejas artesanais. Ah! e esperem surpresas, pois além da ementa fixa existem sempre outras inspirações “sem leis” do dia.

tasqueiros sem lei sopa

Ao chegar a Santa Maria da Feira, o carro ficou no estacionamento do Largo Camões, com vista para o Castelo. O Tasqueiros Sem Lei fica numa rua pedonal, no centro histórico.

Foram uns 5 minutinhos a pé, até encontrar o tão aguardado letreiro que anunciava a entrada (cuidado, é estreita, pode passar desapercebida) e que revelou uma surpresa.

tasqueiros sem lei

Ao entrar, fiquei mesmo surpreendida com o tamanho da sala (bem mais pequena do que tinha imaginado). Atenção, sentimos-nos imediatamente bem-vindos e aconchegados. Mas a verdade é que o primeiro pensamento foi: Ainda bem que viemos cedo!

As fotografias da minha pesquisa, e a partir das quais tinha criado uma imagem do espaço, não faziam adivinhar as dimensões da sala.

Acho que as mesas não chegam à dezena, mais um pequeno balcão com vista para a cozinha. Mas a decoração é deliciosa. Gostei de me sentir em casa, quase quase como numa sala de jantar da avó.

tasqueiros sem lei decoracao

Durante a refeição, entendi que aqui o tamanho acaba por ter uma grande vantagem: torna tudo muito mais informal, pessoal, confortável.

É pois um ambiente rústico e familiar, com muita madeira e móveis vintage, onde cada uma daquelas peças únicas espalhadas pelas paredes conta uma história.

****

RESTAURANTE  TASQUEIROS SEM LEI

Rua Dr. Roberto Alves, 33

Santa Maria da Feira, Portugal

Telefone: 256 025 112

Encerra à segunda e terça

Tem wi-fi gratuito

****

Outras sugestões gastronómicas imperdíveis:

****

Estamos no facebook e instagram

AVALIE ESTA PUBLICAÇÃO

Aguarde por favor…
RECOMENDO TAMBÉM

2 Comentários

  • Responder carla leitão 6 Abril, 2018 at 10:26

    Sempre com boas, ou diria, óptimas sugestões e ideias de destino, à descoberta pelo nosso Portugal! Obrigada Joana.

  • Quero Comentar

    Na imprensa

    Logótipo do suplemento Fugas do Jornal Público
    Logótipo da revista I Like This
    Logótipo da revista Calm
    Logótipo da revista Sábado
    Logótipo da Sapo Viagens
    Logótipo da revista Pais & Filhos
    Logótipo da revista lux women
    Logótipo da revista UP