Brasil

29 expressões brasileiras que têm mesmo de conhecer

4 Maio, 2016

Existem várias expressões brasileiras que todos os portugueses conhecem bastante bem, talvez devido à extensa exposição que temos tido na televisão durante longas décadas com as novelas e séries brasileiras.

Eu já aqui antes listei as diferentes palavras utilizadas em Portugal e no Brasil em As diferenças entre o português de Portugal e o português do Brasil.

Também vos quero ainda falar do jeito especial de falar dos brasileiros.

Mas por agora concentrei-me em partilhar várias expressões brasileiras que tenho anotado nas minhas viagens ao Brasil e que considero serem bastante úteis para utilizar na comunicação (e até podem ajudar a evitar alguns embaraços por lá!).

Reparem que algumas dessas expressões brasileiras que apresento estão relacionadas com viagens, pois julgo ser uma das temáticas que mais vos possa interessar em futuras deslocações em família ao Brasil.

Algumas considero mesmo um verdadeiro encanto de tão intuitivas e simples que são. Na verdade, acho que reflectem bem a informalidade dos brasileiros. Ou são bastante divertidas, como só eles o sabem ser.

expressões brasileiras divertidas uteis no brasil

Tomem então nota destas incríveis 29 expressões brasileiras e da minha interpretação pessoal sobre cada uma delas:

1. Está incluso

Está incluído.

(ex. resort tudo incluso)

2. Foi um bate-volta

Foi ir e vir. Uma viagem muito rápida. Não demorámos quase nada, fizémos o essencial e regressámos logo.

3. Aluguel sem café

Alojamento sem pequeno-almoço.

4. Já tratei do aéreo e da hospedagem

Já reservei a passagem aérea e o alojamento.

5. Comprei passagem com milhagem

Comprei o bilhete de avião com milhas.

6. Amei os brinquedos

Gostei muito das atracções.

(os brinquedos podem ser os equipamentos / divertimentos dos parques infantis ou dos parques temáticos – baloiços, montanhas-russas, carrosséis e companhia)

7. Estou monitorando os recreadores

Estou a vigiar os animadores.

8. Camas queen. Nova York

Camas largas. Nova Iorque.

(repararam? misturam uma palavra portuguesa com outra em inglês, assim seguidas, na mesma expressão)

9. Tirar um cochilo

Dormir uma sesta.

10. Tem zero estrutura

Não tem instalações / serviços – hotéis, restaurantes, parques, diversões…

11. Vamos ver o que vai rolar

Vamos ver o que vai acontecer.

12. Pegar avião

Ir de avião.

13. Mudou a bandeira

Mudou a marca / o nome.

14. Tá pau a pau

Está equiparado. É similar.

15. Não gostamos de muvuca

Não gostamos de um grande e desorganizado aglomerado de pessoas, a fazer barulho ou a provocar confusão.

16. Dar uma paradinha

Fazer uma paragem.

17. Fiz o planejamento todo direitinho

Planeei tudo bem.

18. E aí de repente pode ser que dê certo

Quem sabe se até resulta.

(reflecte talvez a pouca organização, a imprevisibilidade com que normalmente vivem, mas também a tranquilidade e a esperança com que encaram o dia-a-dia)

19. Tem não

Não existe ou não há.

(iniciam com a afirmativa para depois negarem. esta expressão, pelo que me apercebi, é mais utilizada numas regiões do que noutras)

20. Não tem como

É inevitável. Não há forma de evitar a situação. Não há nada que se possa fazer.

21. O preço tá salgadinho

É caro.

22. Que barato

Que máximo.

23. Obrigado assim mesmo

Obrigado de qualquer forma.

24. Você já é cadastrado

Já está inscrito. Já tem ficha de cliente.

25. Fico no aguardo

Aguardo uma resposta. Fico à espera de algo.

26. E por aí vai

E assim continua.

27. Este cara é 171

Este homem é um aldrabão. Só se mete em problemas e engana os outros.

28. Não enrola não

Avança. Não estejas a perder tempo. Diz o que tens a dizer sem me tentar iludir.

(acho engraçado a dupla negação)

29. Fiquem espertos

Fiquem atentos. Estejam alerta com tudo o que acontece à vossa volta.

****

E aí, não acham todas estas expressões brasileiras completamente deliciosas?

Contem-me mais algumas para juntar à lista!

****

Visitem-nos também no facebookinstagram

AVALIE ESTA PUBLICAÇÃO

Please wait…
RECOMENDO TAMBÉM

16 Comentários

  • Responder Larjehn 24 Junho, 2016 at 20:16

    É muito estranho como brasileiro ver o ponto de vista dos portugueses.

  • Responder Lise 29 Outubro, 2016 at 18:46

    Pois eu amei os comentários. Estou rindo a valer. E você está certa: a de n. 19 é mais falada no Nordeste. É um jargão regional. Abs.

  • Responder Carla Torquato 31 Janeiro, 2017 at 17:48

    Na verdade é muito engraçado ver línguas, idiomas iguais, mas tão diferentes. Estou pesquisando ( ou a pesquisar) essas diferenças pois vou a Lisboa em fevereiro e não quero passar vergonha, apesar de saber que isso será inevitável. Abraços.

    • Viajar em Família
      Responder Viajar em Família 9 Fevereiro, 2017 at 10:25

      Continuação de uma boa pesquisa! E tenha uma excelente viagem até Lisboa. 🙂 (não se preocupe, não vai passar vergonha… nós amamos o sotaque brasileiro)

    • Responder Renato Albuquerque 5 Janeiro, 2018 at 9:50

      Realmente, algumas equivalências curiosas são: calcinha(Brasil) = cueca(Portugal), no Brasil cueca é um traje íntimo do homem, outra interessante é paneleiro(Portugal)=gay(Brasil), no Brasil paneleiro é um profissional que vende panelas. Interessantes curiosidades.

  • Responder Irma Adelaide 23 Agosto, 2017 at 5:01

    adoro ver o quanto portugueses falam com cheiro de naftalina e entendem as coisas tão no literal

  • Responder Alice 29 Dezembro, 2017 at 2:11

    A maior parte das “expressões” aí não são expressões e também são faladas em Portugal… <.< Eu sou portuguesa e este post também é estranho pra mim

  • Responder Thialla 4 Janeiro, 2018 at 23:29

    Achava que o 18, 19, 20, 23 e 24 eram falados aí também! Pra mim é tão fácil de entender. Ou seja “ta na cara” (muito óbvio)

  • Responder Renato Albuquerque 5 Janeiro, 2018 at 9:55

    No Brasil exigentes muitas gírias e também a conjugação verbal é maior que a do idioma lusitano, como por exemplo, em Portugal as frases são expressas na segunda pessoa, como “Tu estás a pensar”, “Vós estás a pensar”, no Brasil usa-se também essas conjugações mas também “Você está pensando”, “Vocês estão pensando”.

    • Responder Renato Albuquerque 5 Janeiro, 2018 at 9:58

      Retificando: No Brasil existem muitas gírias e também a conjugação verbal é maior que a do idioma lusitano, como por exemplo, em Portugal as frases são expressas na segunda pessoa, como “Tu estás a pensar”, “Vós estás a pensar”, no Brasil usa-se também essas conjugações mas também “Você está pensando” ou “Tú pensas”, “Vocês estão pensando” ou “Vós pensardes”.

  • Responder Renato Albuquerque 5 Janeiro, 2018 at 10:09

    Dicionário de equivalências do idioma Português (Brasil e Portugal)

    A gosto (em receitas) = Quanto baste
    AIDS (de Acquired Immunodeficiency Syndrome) = SIDA (Síndrome de Imunodeficiência Adquirida)
    Abobrinha = Curgete
    Abridor de garrafas = Saca-rolhas
    Abridor de latas = Abre-latas
    Academia = Ginásio
    Acne, Espinha na pele = Acne, Borbulhas (informal)
    Acostamento = Berma
    Adular = Engraxar (informal)
    Aeromoça = Hospedeira
    Alho-poró = Alho-porro
    Alto-falante = Altifalante
    Aluguel = Aluguer
    Alô? = Estou?
    Amerissagem = Amaragem
    Andar térreo = Rés-do-Chão
    Animal! = Brutal! (informal)
    Anotar = Apontar
    Antecipado (pagamento) = À cabeça (informal)
    Apelido = Alcunha
    Apetecer = Ter vontade de, Querer
    Apontador = Afia, Afia-lápis
    Aposentado = Reformado
    Apostila = Sebenta
    Aquarela = Aguarela
    Aqui = Aqui, Cá
    Ardido (pimenta, etc.) = Picante
    Aro de roda (de carro) = Jante
    Arquivo = Ficheiro
    Asfalto = Alcatrão, Asfalto
    Assistir = Ver
    Atacadista = Grossista
    Atacante (futebol) = Avançado
    Aterrissagem = Aterragem
    Aturar (alguém ou alguma coisa) = Gramar (informal)
    Aulas particulares = Explicações
    Axé = Energia positiva
    Açougue = Talho
    Bacia = Alguidar
    Bairro = Freguesia
    Baixar (copiar ficheiro através da Internet) = Sacar (informal), Transferir
    Bala doce = Rebuçado
    Balança (para crianças) = Baloiço
    Band-aid = Penso
    Banheiro, Toalete, Lavabo, Sanitário = Casa de banho, Lavabos, Quarto de banho, Sanitários, W.C.
    Banho de banheira = Banho
    Barbeiragem = Aselhice
    Barbeiro (motorista ruim) = Aselha
    Basquete = Basquetebol
    Batedor de carteira = Carteirista
    Batida = Choque
    Bebedeira, Porre = Bebedeira, Carraspana (informal)
    Bebê = Bebé
    Besteira = Disparate
    Bife a cavalo = Bitoque
    Bilhão (quantidade) = Mil milhões, Bilião
    Biquini, Maiô = Biquíni, Fato de banho
    Biscoito Champagne = Palitos de La Reine
    Bisnaga (pão) = Cacete
    Bituca de cigarro = Beata
    Blusa = Camisola
    Boate = Discoteca
    Bobo = Parvo
    Bola de gude = Berlinde
    Bolsa feminina = Mala
    Bolso = Algibeira, Bolso
    Bom = Porreiro (informal)
    Bonde = Elétrico
    Boy (escritórios), Mensageiro = Estafeta
    Briga, Confusão = Zaragata (informal)
    Brócolis = Brócolos
    CDF = Cromo
    CNH (Carteira Nacional de Habilitação) = Carta de condução
    Cabeça de área (futebol) = Trinco
    Cabular aula = Baldar (informal), Faltar à escola
    Cachorro = Cão
    Cachorro quente = Cachorro
    Cadarço (de sapato) = Atacador
    Café = Bica
    Café Expresso = Bica, Cimbalino (no Norte), Expresso
    Café com leite = Galão
    Café da manhã = Pequeno-almoço
    Caipira = Saloio
    Cair (a ligação telefônica) = Vir abaixo
    Caixa (de som) = Coluna
    Caixa Postal = Apartado
    Caixa de cambio = Caixa de velocidades, Mudanças
    Calcinha = Cuecas de mulher, Cuecas femininas
    Calhambeque = Dona-elvira
    Calçada = Passeio
    Camarão = Camarão, Gamba
    Caminhonete, Perua, Van = Carrinha
    Caminhão = Camião
    Camisa = Camisola
    Camiseta = T-shirt
    Camisola = Camisa de dormir
    Canadense = Canadiano
    Candeeiro = Abajur
    Cansado = Cansado, Estafado
    Canudinho (de refrigerante) = Palhinha
    Caqui = Dióspiro
    Cara = Gajo (informal)
    Cara indolente = Papa-açordas
    Cardápio = Ementa, Menu
    Carne da perna do porco defumada = Presunto
    Carne moída = Carne picada
    Carola de Igreja = Beata
    Carona = Boleia
    Caroço = Caroço, Pevide
    Carpete = Alcatifa
    Carrapato = Carraça
    Carro conversível = Carro descapotável
    Carro de passeio = Carro ligeiro
    Carteira de habilitação = Carta de condução
    Carteira de identidade = Cartão do Cidadão/CC (antigo Bilhete de Identidade/BI)
    Cartão para débito = Cartão Multibanco
    Cartório = Conservatória, Notário
    Catapora = Varicela
    Cego (pessoa) = Cego, Invisual
    Celular (telefone) = Telemóvel
    Centro (da cidade) = Baixa
    Cerveja tirada à pressão (em tulipa) = Imperial
    Chance = Hipótese
    Chapa (dentes) = Placa, Prótese dentária
    Chapinha (refrigerante) = Carica, Cápsula
    Chiclete = Pastilha
    Chope = Imperial (no Sul), Fino (no Norte)
    Chupetinha de criança = Chucha
    Cigarro = Tabaco
    Cinza = Cinzento
    Claras em neve = Claras em castelo
    Coceira = Comichão
    Coisa de pouca valia = Coisa que não vale a ponta de um corno
    Colar (de usar ao pescoço) = Colar, Fio
    Colar (nas provas) = Cabular
    Colocar = Meter
    Comissária de bordo = Assistente de bordo, Hospedeira de bordo
    Concreto = Betão
    Condicionador = Amaciador
    Conectar = Ligar
    Confiável = Fiável
    Confusão, Zorra = Balbúrdia
    Contador = Contabilista
    Controle remoto = Comando
    Conversível = Descapotável
    Costeleta = Patilha
    Couro (vestuário) = Pele
    Coxim (automóvel) = Chumaceira
    Creche = Infantário
    Creme de leite = Natas
    Criado-mudo = Mesa de cabeceira
    Criança = Miúdo/a
    Crosta (de pão, etc.) = Côdea
    Cueca = Cuecas, Boxers
    Curativo = Penso
    Curioso = Cusco
    Cuspida = Bisga (informal), Escarro.
    Câmbio (automóvel) = Caixa de velocidades, Mudanças
    Câncer = Cancro, Caranguejo (signo)
    Cílio, Celha, Pestana = Pestana
    Cílios = Pestanas
    Dar bronca = Ralhar
    Dar em nada = Dar em águas de bacalhau
    Dar errado = Dar para o torto
    De ponta a ponta = De lés-a-lés
    De graça = À borla (informal), De borla (informal)
    Decolagem = Descolagem
    Dedurar = Chibar (informal)
    Defumado = Fumado
    Deixar o carro morrer = Deixar o carro ir abaixo
    Delegacia = Esquadra
    Demitido = Despedido
    Derramar (líquido) = Entornar
    Descarga (de banheiro) = Autoclismo
    Desmaio = Badagaio (informal)
    Diesel = Gasóleo
    Diretor (de cinema) = Realizador
    Direção hidráulica = Direção assistida
    Dirigir (carro) = Conduzir
    Distraído = Despassarado (informal)
    Divisão (de uma casa) = Assoalhada
    Doador = Dador
    Doce = Pastel
    Doceira = Pastelaria
    Drink = Bebida
    Dublagem = Dobragem
    Ducha = Duche
    Durex = Fita-cola
    Duro (sem dinheiro) = Teso
    Déficit = Défice
    Elevador = Ascensor
    Em algum lugar = Algures
    Em nenhum lugar = Nenhures
    Embarcação = Embarcação, Galera, Navio
    Embutir = Encastrar
    Encanador = Canalizador
    Encrenca = Confusão, Sarilhos
    Endereço = Morada
    Enganar alguém = Enfiar o barrete (informal)
    Engraçado, Bonito = Giro
    Enrolação = Treta
    Entender = Perceber
    Equipe, Time = Equipa
    Escanteio (futebol) = Canto, Pontapé de canto
    Escola secundária = Liceu
    Esmalte = Verniz
    Esparadrapo = Adesivo
    Esporte = Desporto
    Estar com dificuldades = Estar à rasca (informal)
    Estação de trem = Estação, Gare
    Estilete = X-acto
    Estrada asfaltada = Estrada alcatroada
    Estrada de ferro, Ferrovia = Caminho de ferro, Ferrovia
    Está no papo = São favas contadas
    Expresso longo = Bica cheia
    Faixa de pedestre = Passadeira, Zebra
    Falar mal de alguém = Cortar na casaca (informal)
    Faltar à escola = Fazer gazeta
    Farinha de rosca = Pão ralado
    Farra, Diversão = Coboiada (informal)
    Fato = Facto
    Favela = Bairro de lata
    Faxineira diarista = Mulher-a-dias
    Fazer obturação = Chumbar o dente (informal)
    Fazer um curso = Tirar um curso
    Fermento Biológico = Fermento de Padeiro
    Festança com comidas e bebidas = Patuscada
    Ficar (com fulano) = Andar (com fulano)
    Ficar de olho = Vigiar
    Ficar resfriado = Ficar constipado
    Fila = Bicha (informal)
    Filezinhos de porco = Febras
    Filhote do cão = Cachorro
    Filé de peixe = Filete
    Filezinho ou Sanduíche de Filé = Prego
    Fiscal (dos transportes públicos) = Pica (informal)
    Fogo = Fogo, Lume
    Fogo baixo = Lume brando
    Fone de ouvido = Auricular, Auscultador
    Fonte = Bica, Fonte
    Freio = Travão
    Freezer = Geladeira
    Friacho = Briol
    Fronteira = Estremadura
    Fumaça = Fumo
    Funileiro = Bate-chapas (informal)
    Fusca = Carocha
    Galanteio = Piropo
    Galera = Malta (informal), Pessoal, Turma (na escola)
    Ganhar (de presente) = Receber
    Gelada (bebida) = Fresca
    Geladeira = Frigorífico
    Gibi = Banda desenhada
    Gigolô = Chulo
    Gol = Golo
    Gole = Golo
    Goleiro = Guarda-redes
    Goma de mascar = Pastilha elástica
    Grama = Relva
    Gramado = Relvado
    Grampeador = Agrafador
    Grampo = Agrafo
    Grana = Massa (informal)
    Grande quantidade = Cabazada (informal)
    Guitarra = Guitarra elétrica
    Hodômetro = Conta quilómetros
    Horário de pico = Hora de ponta
    ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) = IVA (Imposto de Valor Acrescentado)
    Impedimento (futebol) = Fora de jogo
    Imposto de Renda = IRS (Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares)
    Inflável = Insuflável
    Ingresso, Entrada = Bilhete
    Injeção = Pica (informal)
    Ir a um bar tomar bebidas = Ir aos copos (informal)
    Ir embora = Pirar (informal)
    Ir para a cama = Ir para o vale dos lençóis (informal)
    Ir por água abaixo = Não dar certo (informal)
    Isopor = Esferovite
    Israelense, Israelita = Israelita
    Jaburum, Tribufu, Tanque = Mulher feia
    Jaqueta = Blusão
    Jeans = Calças de ganga
    Jeito (personalidade) = Feitio
    Jogar (em algum lugar) = Deitar
    Jogo da velha = Jogo do galo
    Jogo de cintura = Golpe de Rins
    Jogo de simples ou duplas = Jogo de singulares ou pares
    João-Ninguém = Borra-botas (informal)
    Jujuba = Goma
    Lanchonete = Pastelaria, Café
    Legal, Bacana, Maneiro = Fixe (informal), Porreiro (informal)
    Leseira = Preguiça
    Libra = Balança (signo)
    Lima = Limão
    Limpador de para brisa = Escova limpa-vidros
    Limão = Lima
    Linguiça = Enchido
    Loja que vende frutas = Frutaria
    Lombada = Lomba
    Lonas de freios = Maxilas
    Lugar = Lugar, Sítio
    Lustre = Abajur
    Macacão = Fato-macaco
    Machucar = Aleijar, Magoar
    Maiô = Fato de banho
    Malta = Turma
    Mamadeira = Biberão
    Mamão = Papaia
    Mamão Papaia = Marrom Castanho
    Mancha = Nódoa
    Manco = Coxo
    Manjuba = Joaquinzinho
    Mané ou Zé Mané = Otário, Bobo
    Maravilhoso! = Bestial! (informal), Brutal! (informal)
    Mau gênio = Mau feitio
    Mauricinho = Betinho (informal)
    Me incomoda = Me faz impressão
    Meia (dúzia, número) = Seis
    Meias (vestuário) = Meias, Peúgas
    Menino, Moleque = Puto (informal)
    Mentiroso, Trapaceiro = Aldrabão
    Mesa de escritório = Secretária
    Mesas ao ar livre num café, etc. = Esplanada
    Metrô = Metro, Metropolitano
    Misto quente = Tosta mista
    Morder = Trincar
    Moto = Mota, Motorizada
    Mouse = Rato
    Moça, Mulher jovem, Adolescente = Rapariga
    Muita quantidade = Uma pipa (informal)
    Muito = Bué (informal)
    Muleta com apoio para mão e antebraço = Canadiana
    Mulher Tagarela = Galinha (informal)
    Mulher que vende peixe = Peixeira
    Multa = Coima, Multa
    Música brega = Música pimba (informal)
    Nada, coisa nenhuma = Népia (informal)
    Nadadeiras, Pé-de-pato = Barbatanas
    Necrotério = Morgue
    Não estar nem aí = Estar-se nas tintas.
    Ovo frito = Ovo estrelado
    Ovos poché = Ovos escalfados
    Paciência = Pachorra (informal), Paciência
    Pagamento da faculdade = Propina
    Painel (carro) = Tablier
    Palavrão = Asneira, Bojarda (informal), Palavrão
    Paletó = Casaco
    Pancada = Traulitada (informal)
    Panela = Panela, Tacho
    Panetone = Bolo-rei
    Papai Noel = Pai Natal
    Papo furado = Conversa de treta
    Paquerar = Engatar (informal)
    Parada = Demora
    Parada de ônibus = Paragem de autocarro
    Partida = Jogo
    Patricinha = Betinha (informal)
    Pebolim, Totó = Matraquilhos, Matrecos (informal)
    Pedestre = Peão
    Pedra solta = Calhau, Pedra
    Pedágio = Portagem
    Pegar = Agarrar, Apanhar
    Periferia = Arrabaldes
    Pessoa Estúpida = Tulho (informal), Calhau (informal)
    Pessoa Física = Pessoa Singular
    Pessoa alta e magra = Trinca-espinhas (informal)
    Pessoa chata = Melga (informal)
    Pessoa desleixada, suja = Badalhoco
    Pessoa preguiçosa = Sorna (informal)
    Pessoa sem dignidade = Pulha (informal)
    Pessoa tagarela = Fala-barato
    Pessoa velha = Cota (informal)
    Petisco de carne (em cubos) = Pica-pau
    Picada (de inseto, etc.) = Picadura
    Picolé, Pirulito = Chupa-chupa
    Pimenta vermelha = Piripíri
    Pingente = Pendura (informal)
    Pinha, Fruta-do-conde = Anona
    Pistolão = Cunha
    Pixaim, cabelo ruim = Gadelha
    Pizza = Piza
    Placa (de carro) = Matrícula
    Policia Civil = PJ, Polícia Judiciária
    Policia Militar = GNR (Guarda Nacional Republicana)
    Policial = Polícia
    Polonês, Polaco = Polaco
    Porta-malas = Bagageiro
    Porão = Cave
    Posto de gasolina = Bomba de gasolina
    Posto de saúde = Centro de saúde
    Praça circular (trânsito) = Rotunda
    Prefixo telefônico = Indicativo
    Pregador = Mola (para roupa)
    Preguiçoso = Mandrião
    Presente = Oferta, Prenda
    Preservativo = Camisa-de-vênus, Camisinha (informal), Durex (marca de), Preservativo
    Pressão arterial = Tensão arterial
    Presunto = Fiambre
    Prisão = Pildra (informal)
    Privada, Vaso sanitário = Retrete, Sanita
    Prorrogação = Prolongamento
    Prostituta = Prostituta, Rameira
    Puxa-saco = Lambe-botas
    Pão Francês = Carcaça
    Pão com carne = Prego
    Pão-duro = Forreta
    Quadrinhos = Banda desenhada
    Quebra-cabeça = Puzzle
    Quebrado = Avariado
    Quebrar = Partir
    Queimar = Arder, Queimar
    Quem nasce em Lisboa = Alfacinha (informal), Lisboeta
    Quem nasce no Porto = Portuense, Tripeiro (informal)
    Querer muito algo = Estar deserto por algo
    Quilômetro = Quilómetro
    Rapariga = Prostituta
    Rapaz forte = Matulão (informal)
    Rasgado (tecido) = Roto
    Reboque, Carreta = Atrelado, Reboque
    Recepção de casamento = Copo d’água
    Reclamar = Refilar (informal)
    Refogar = Guisar, Refogar
    Refrigerante = Refresco, Sumo
    Região = Zona
    Reprovar (uma prova) = Chumbar
    Reserva (de mesa, etc.) = Marcação
    Restaurante = Casa de Pasto, Restaurante
    Roncar = Ressonar
    Rotatória = Rotunda
    Roupa para fazer exercícios = Fato de treino
    Roxo (hematoma) = Nódoa negra
    Salva-vidas = Nadador Salvador
    Sanduíche = Sandes
    Se acontecer, Se der para = Se calhar
    Secretária eletrônica = Atendedor de chamadas
    Sem problema = Sem crise (informal)
    Semente da uva = Grainha
    Senil = Taralhoco (informal)
    Ser cara-de-pau = Ter lata (informal)
    Shopping = Centro comercial
    Short = Calções
    Show (de música) = Concerto
    Sobras sem uso de alguma coisa = Restolho
    Sobrenome = Apelido
    Soltar gazes = Dar um traque (informal)
    Sommelier = Escanção
    Sorvete = Gelado
    Sotaque = Acento
    Sova (bater em alguém) = Tareia
    Subir (acima de algo) = Trepar
    Suco = Sumo
    Sunga, Calção de banho = Calções de banho
    Sítio, Fazenda = Quinta
    Tachinha = Pionés
    Tanque (de combustível) = Depósito
    Tapear = Meter o Barrete (informal)
    Tchau = Adeus
    Tcheco, Checo = Checo
    Tela = Ecrã
    Terno (masculino) = Fato
    Teto solar = Tejadilho de abrir
    Time (futebol) = Clube, Equipa
    Tipo de linguiça = Chouriço
    Tipos de pão = Bola (pão pequeno arredondado), Cacete (pão fino e comprido), Carcaça (pão pequeno de farinha de trigo fina), Papo-seco (o mesmo que carcaça), …
    Tirar sarro = Gozar (de alguém)
    Tirar uma soneca = Partir um choco
    Tiro-de-meta (futebol) = pontapé de baliza
    Toca-fitas = Leitor de cassetes
    Tomada = Ficha
    Tomar nota = Anotar, Apontar
    Tombo = Trambolhão
    Torcida = Claque
    Torque (do motor) = Binário
    Torrada = Tosta
    Torta = Tarte
    Trailer = Rulote
    Trapaça (no jogo) = Batota
    Traquina = Reguila
    Travesseiro = Almofada
    Trem = Comboio
    Troncho = Desarrumado
    Trote (universitário) = Praxe
    Trouxa = Pato (informal)
    Técnico da seleção = Selecionador
    Tênis (vestuário) = Sapatilha
    Uniforme = Equipamento
    Usual = Vulgar
    Usuário = Utente, Utilizador
    Vagem = Feijão verde
    Vagão = Carruagem
    Vaidoso = Peneirento (informal)
    Van = Carrinha
    Varal = Estendal
    Varejista = Retalhista
    Varejo (venda a) = Retalho
    Vaso sanitário = Retrete, Sanita
    Vencer disputa com grande vantagem = Dar um bigode (informal)
    Ventilador = Ventoinha
    Vermelho = Encarnado, Vermelho
    Vestiário = Balneário
    Viajar na maionese = Andar a apanhar papeis (informal)
    Vigor = Genica (informal), Vigor
    Violão = Guitarra
    Vira-lata = Rafeiro
    Vitrine = Montra, Vitrina, Vitrine
    Viva voz (para carro) = Mãos Livres
    Xampu = Champô
    Xerox = Fotocópia
    Xícara = Chávena
    Zé-ninguém = Zé-dos-anzóis
    Zíper = Fecho
    Á vista (pagamento) = A pronto
    Água em temperatura normal = Água natural
    Água fria = Água fresca
    Água sanitária = Lixívia
    Água-viva = Alforreca
    Áries = Carneiro (signo)
    Âncora (de Telejornal) = Pivô
    Óleo Diesel = Gasóleo
    Ônibus = Autocarro

  • Responder Rafael Mattos 27 Abril, 2018 at 1:54

    Sou brasileiro, e to rindo muito aqui. Muito bacana observar o ponto de vista dos portugueses sobre as expressões daqui. Algumas tão comuns que não imaginava não serem utilizadas em Portugal também. Minha avó é de Aveiro, e em 2015 tive a oportunidade de visitar Aveiro, Porto, Lisboa e o Algarve. Meu irmão mora em Lisboa e meu pai quer ir morar no Porto. Amamos a cidade do Porto.

    • Viajar em Família
      Responder Viajar em Família 9 Maio, 2018 at 11:41

      Que maravilha Rafael! Muito obrigada pela partilha. Espero então que consigam vir morar cá, o Porto é mesmo uma cidade encantadora. 🙂

    Quero Comentar

    Na imprensa

    Logótipo do suplemento Fugas do Jornal Público
    Logótipo da revista I Like This
    Logótipo da revista Calm
    Logótipo da revista Sábado
    Logótipo da Sapo Viagens
    Logótipo da revista Pais & Filhos
    Logótipo da revista lux women
    Logótipo da revista UP