DICAS DE VIAGEM

Uma coisa que vai sempre na mala

28 Julho, 2014

O mês de Agosto continua a ser para muitas famílias portuguesas o mês das férias (grandes), por isso lembrei-me de voltar a reunir as dicas das 15 mães que aqui partilharam a sua experiência durante o mês de Maio, mas num novo e prático formato.

E para todos aqueles que estão a ultimar os preparativos ou até já coabitam com malas, pilhas de roupa e brinquedos espalhados por toda a casa, um primeiro conselho: não desesperem! E afinal, poucas são as coisas que não poderão comprar no destino, em caso de esquecimento, por isso tentem não esgotar a vossa concentração na questão da bagagem.

Um truque que arranjei para me ajudar a aliviar nessa preocupação foi escrever uma lista. Tenho sempre uma à mão, com o que levar na mala de viagem, e em poucos minutos visualizo o que preciso de ir buscar, facilitando assim bastante os dias e horas que antecedem qualquer nova partida.

viajar em familia mala

Em todo o caso, hoje decidi então reorganizar as dicas das mães convidadas de Maio, porque sabem a conselhos pessoais e poucas coisas são mais sábias que isso.

Na altura, divulguei as 3 dicas de cada uma – mãe a mãe. E agora juntei todas as respostas de uma dessas perguntas, que tentava descobrir uma coisa que vai sempre na mala destas famílias. Desde logo percebi que muitas mães não se conseguiram decidir (defeito de mãe, sabem como é…) e não enumeraram uma, mas várias coisas…

Outras apresentaram produtos pouco comuns, novidades sem as quais já não passam em viagem. Uma certeza, os filhos destas queridas mães sem comida, brinquedos e medicamentos não passam!!

Mas fiquem com as 15 respostas, agora divididas por temas, e retirem as vossas próprias ideias e preferências:

COMIDA

Bolachas. As bolachas nunca podem faltar. Normalmente criticam a mala da mãe, porque é muito pesada, mas na hora da fome, lá vem a pergunta “Mamã, tens uma bolachinha?” Rita do Rita Gomes Martins

Comida! Se tivesse de parar e entrar num café ou pastelaria cada vez que algum dos meus filhos tinha fome, os resultados seriam desastrosos: 1. Mesmo que só um tivesse fome, todos acabariam por comer. 2. Iam querer comer tudo menos aquilo que lhes mataria a fome. 3. Algazarra na certa. 4. Desperdício de tempo, dinheiro e paciência dos pais. 5. Atraso brutal no plano de viagem. Por tudo isto, fruta, água, barritas ou bolachas nunca faltam na minha mala. Sara do Coisas de Pais

Além da água, bolachas ou snacks. Seja qual for o destino tem que haver sempre qualquer coisa para ir trincando ao longo da viagem. Barriguinhas contentes = crianças felizes = viagens tranquila. Ana Lúcia do Glee Photography

BRINQUEDOS

O boneco preferido dos meus filhos. Elsa do Mãe-Me-Quer

Para além do óbvio, um caderno de desenho e um estojo com lápis, tesoura, cola, etc. Mantém-nos ocupados em qualquer lado e permite mil e uma utilizações criativas! Cristiana do Cristiana Resina

Livros, alguns brinquedos…coisas para a entreter nos momentos mortos da viagem. Independentemente de já ter 8 anos quase 9, é uma criança muito activa que gosta de desafios e porque eu sou uma mãe normal nem sempre consigo acompanhar! Por isso desde sempre que leva consigo alguma coisa, evito dar-lhe simplesmente para a mão o smartphone da mãe. Prefiro que esteja ocupada a desenhar, ler ou simplesmente brincar com alguma boneca. Até uma pequena camera fotográfica dá, porque aí ela pode desenvolver o seu lado artístico enquanto olha à volta durante a viagem! Sónia do Amniótico

MEDICAMENTOS

Uma mini farmácia para a menina da mamã e para nós também, esperando que não tenha de ser utilizada, mas disponível para qualquer eventual necessidade. Catarina do A Menina da Mamã

Mala de primeiros socorros. Nunca nos inibimos de viajar quer de barco, avião, carro ou comboio, independentemente de termos zero ou três filhos, de estar grávida ou não. Mas com a experiência vamos começando a organizar melhor as nossas malas e adaptar às necessidades mais recorrentes. Com três filhos, nas férias, já nos aconteceu de tudo: gripes, amigdalites, otites, braços partidos, cabeças abertas, sobrolhos por coser e outras aventuras do género. Um mala de primeiros socorros organizada por mim, nunca falta. O essencial do nosso kit: pensos rápidos, compressas, Betadine, ligadura elástica (pulsos e tornozelos), soro fisiológico, creme para picadas de insectos e queimaduras (Fenistil), gel de arnica para galos e contusões, anti-histaminico (forte), Benuron (comprimidos, supositório e xarope). Inês do Up to Lisbon Kids

NOVIDADES

Um pano que comprei na decatlon e que funciona como um autêntico black out. É maravilhoso quando se tem um bebé de poucos meses que ainda precisa dormir muitas horas. Quando começa a adormecer no ovinho, mesmo a meio da rua, em passeio, cubro o ovo com o black out e de repente, “fica noite”. É a forma perfeita da bebé dormir um sono descansado “em andamento”. Catarina do Pelo Mundo

Ainda que em sentido figurado, mas o que não pode mesmo faltar na mala é sentido prático. A palavra de ordem e que tem que acompanhar todas as viagens com crianças, tem que ser mesmo descomplicar! O que também nunca pode faltar, é o Diário de Viagem! Desde que comecei a viajar que o levo, e até o Lourenço já tem um, para que mais tarde possa recordar, até as viagens que fez em bebé! Filipa do Rosa ou Azul

Para além do óbvio, uma espécie de fralda grande a que dão o nome de swaddle. Na verdade, eu nunca usei como swaddle porque quando comprei a Constança já era crescida. Comprei um pack de duas unidades precisamente para usar em viagens. Um uso como toalha de praia, o segundo anda no carrinho e na mochila e é perfeito para mudar fralda ou servir de manta por cima do carrinho. É leve, é grande (recomendo comprarem o tamanho maior) e muito prático. Ana do Ma Petite Princesse

E TUDO E TUDO E TUDO…

Há pelo menos 3 coisas que andam sempre connosco. A fralda e a chucha, o leite e as bolachas e os tarecos….eu sei que era só uma mas estas 3 são sinónimo de sucesso para o descanso e nas férias é o que queremos… Rita do Moms Cooking for Little Ones

Quando se tem crianças, sobretudo mais pequeninas, existem variadíssimas coisas que vão “sempre” na mala, desde a chucha ao boneco preferido! É bastante difícil escolher apenas uma coisa, mas acho que escolheria as toalhitas (“Dodot” ou outra marca) que dão sempre imenso jeito, quer para os adultos, quer para as crianças. Outra coisa que nunca falta são os medicamentos básicos (aspirina, bem-u-ron, brufen). Maria João do Ladybug’s Experience

Livros, protector solar, botas de caminhada e meias. Ana do Fotos de Rua

Em viagem, curta ou longa, levamos sempre: brinquedos para entreter as miúdas: bonequinhos, canetas e desenhos para colorir e um tablet com jogos e as músicas preferidas dá imenso jeito para as distrair; bolachas, pequenos snacks e garrafas de água; gomas para levantar voo e aterrar e ajudar a descomprimir os ouvidos em viagens de avião; toalhinhas, fazem sempre falta; protector solar e chapéus. Mariana do Pumpkin

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário