França

Parque Astérix: diversão temática em Paris

28 Setembro, 2013

Normalmente quando juntamos a cidade de Paris à ideia de um parque temático, surge de imediato o nome da Disneyland.

Mas na verdade, com o mesmo conceito e a poucos quilómetros de distância da cidade, existe um outro espaço, que apesar de menos divulgado foi construído com o mesmo intuito – o de divertir toda a família: é o Parque Astérix.

parque asterix

parque asterix

Eu tinha muita curiosidade em conhecer o Parque Astérix pois ouvi comentários bastante favoráveis que até o elogiavam como “melhor do que a Disney“. Depois de lá ir, não consigo concordar plenamente com isso.

É bastante divertido sim, mas logo à partida os personagens deste parque não têm, para a grande maioria dos miúdos, a notoriedade e por consequência o envolvimento emocional do Mickey, Minnie, Donald, Pateta, princesas e companhia…

Mas para os fãs do Astérix, Obélix e restantes amigos (e inimigos!) o reconhecimento com todo o universo das personagens e da história é aqui, como se esperava, evidente – estão lá os Gauleses, os Romanos, os Egípcios e os símbolos de toda a história, como a aldeia ou o menir, por exemplo.

Acredito que serão as famílias com crianças mais velhas (apreciadores de sensações fortes) que mais gostam destes divertimentos, os mais pequenos ficam com menos escolha de actividades adequadas à sua idade – apesar dos pequenos carrinhos de choque, da descida numa bóia ou do passeio de barco num pequeno rio.

Para quem conhece a Disney acho que aqui também pode sentir a falta daquela magia, aquela fantasia, tão característica do mundo encantado de um verdadeiro conto de fadas, no entanto, o Parque Astérix usa bastante o humor em cada pormenor da decoração.

Além disso, neste parque também não há a grande estrutura de hóteis e restaurantes a envolver o espaço de diversão a que outros resorts maiores habitualmente recorrem (tem apenas um hotel).

Para nós foi bom experimentar atracções pela primeira vez, como por exemplo as bolas gigantes e transparentes dentro de água e uma montanha russa invertida em que se fica preso pelos ombros e com as pernas penduradas, com direito a vários loopings seguidos: o novo Oziris! No entanto o recorde de loops – 7 !!! – é conseguido na Goudurix!

parque asterix

Também gostei de ver como o Parque Astérx é de fácil orientação e tem vários espaços verdes, intercalados com os divertimentos, fazendo da sombra uma importante aliada no tempo de espera das filas para entrar.

Apesar de não ser muito grande, penso que dois dias de visita será o ideal. Nós fomos apenas por um dia e soube a pouco. Talvez por ter sido em pleno Verão, mas a verdade é que as filas eram tão demoradas (às vezes, bem mais de uma hora de espera) que não houve tempo para fazer tudo o que queríamos.

Além disso o Parque Astérix fecha bastante cedo (mais uma vez, em comparação com outros parques semelhantes): às 19 horas. Para entrar nos divertimentos, segue-se a habitual regra da altura, normalmente a partir dos 90 cm.

O espaço está dividido em seis áreas:
  1. O Egipto
  2. Os Vikings
  3. O Império Romano
  4. A Grécia Antiga
  5. Bem-vindo à Gália
  6. Viajar no Tempo

E é engraçado, pois todas as atracções dentro de cada uma dessas áreas têm nomes relacionados com a história relatada na banda desenhada de Goscinny e Uderzo.

A diversão é essencialmente assegurada pelas extravagantes montanhas russas, umas metem água (levar roupa para trocar!) e outras marcam a diferença pela sua singularidade.

Também há diversos espectáculos com hora marcada ao longo do dia (falados em francês, mas bastante visuais) de soldados romanos ou de golfinhos e a visita anunciada do Astérix, do Obélix e de outras personagens do enredo que se deixam fotografar com os visitantes.

parque asterix

Ao longo do parque existem diversas lojinhs de recordações, para quem quiser levar um pouco deste mundo para casa (incluindo os livros).

Existem também alguns pontos de venda de fast food, bebidas, gelados e waffles e ainda restaurantes buffet com menú infantil. Quem preferir pode ir prevenido e fazer piquenique em vários espaços apropriados para o efeito.

Para nós foi um dia bem passado e os miúdos deliraram especialmente com a adrenalina das enormes montanhas russas!

****

Parque Astérix – Paris, França

DICAS:

  •  A compra de bilhetes no local é rápida e fácil, mas ao reservar online e com antecedência conseguem-se valores mais baixos do que à entrada para o próprio dia
  • Reservar dois dias para a visita durante o Verão ou, de preferência, evitar as férias escolares, feriados e fim-de-semana para “fugir” às filas de entrada nas atracções
  • Verificar as datas de abertura: o parque encerra durante o Inverno
  • Imperdível para fãs das personagens Astérix e Obélix e apaixonados por emoções fortes
  • Pode-se tirar fotografias às personagens, apesar de existir fotógrafo profissional no local e compra facultativa das imagens obtidas. À saída das principais montanhas russas também existem pontos de venda das fotografias obtidas durante aquela experiência

ACESSO:

O Parc Astérix fica perto de Plailly, a cerca de 30 km de Paris

De carro – é bastante fácil de chegar pela A1, direcção Lille (é visível na auto-estrada e está bem sinalizado), há vários parques de estacionamento (10 euros por dia)   

De transportes públicos –  pode ser feito de autocarro desde a estação Louvre (metro Palais-Royal) ou desde o aeroporto Charles de Gaulle no terminal 1 e 3

PREÇO (em Setembro 2013):

  • Adulto (mais de 12 anos) –  44 euros
  • Criança (dos 3 aos 11 anos) – 35 euros
  • Bebé (até aos 3 anos) – grátis

****

Outros parques temáticos na Europa onde também nos divertimos bastante:

****

Estamos no facebook e instagram

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário