DIÁRIO, Inglaterra

Feiras de turismo em Londres

8 Novembro, 2015

Voltei a Londres para visitar duas feiras de turismo. E esse tema das feiras, faz-me sempre recordar a primeira vez que fui a Barcelona (já disse aqui que um dia conto a minha história de amor/ódio com essa cidade!).

Nessa visita de estreia eu era adolescente e foi precisamente com a intenção de visitar uma feira profissional que os meus pais marcaram a viagem. Fomos todos. E claro que também aproveitámos para conhecer a cidade e passar algum tempo em família, enquanto lá estivemos.

Tantos anos depois, chegou então a minha vez de visitar feiras de turismo em Londres. E foram logo duas de uma só vez:

1. Family Travel Show, foi a primeira edição de uma feira dedicada exclusivamente às viagens em família. Durou dois dias e ocupava um dos pisos do famoso centro de exposições Olympia.

family travel show londres

londres family travel show

Apesar de ser pequena, tinha bastante diversidade: representantes de marcas de roupa, acessórios, comida, fotografia, livros e revistas, agências de viagem, hotéis, cruzeiros, actividades de aventura…

family travel show

family travel show expo

Era aberta ao público. Tinha um super excelente painel de convidados para apresentar palestras sobre viagens. E até alguma animação para as crianças. Eu fui presenteada com uma linda rosa!

palestra family travel show

family travel show oferta

Existiam dois pequenos pontos de venda de comida (opções leves e frias) e eu só sei que foram dois dias muito intensos, entrava lá à hora de abertura, às 10h da manhã, e quando saía já estava escuro na rua.

bar family travel show

family travel show expositores

2. A World Travel Market fez-me lembrar a nossa BTL em Lisboa, mas maior e organizada de forma diferente.

world travel market

world travel market londres

É uma feira já bastante conhecida do sector turístico, apenas reservada a profissionais e integra os grandes pontos de encontro mundiais das pessoas que trabalham no turismo de toda a Europa, Américas, Ásia…

Existiam muitos stands divididos geograficamente, muitas culturas, muitas línguas naquele enormíssimo espaço no centro de exposições ExCel London.

wtm portugal

wtm exposiçaõ

Como eu tinha a acreditação de imprensa podia circular à vontade na Sala de Imprensa, nas Conferências de Imprensa e até receber outros tantos miminhos reservados apenas aos jornalistas e bloggers.

Existiam muitos restaurantes e quiosques na feira, para fazer as refeições…uns mais originais que outros.

cafes wtm

quiosque wtm

Além dos stands que eu queria visitar, existia um completo horário de palestras também a decorrer com oradores e temas muito interessantes por isso tinha mesmo de organizar bem o meu tempo disponível.

Para a posterioridade vou recordar a América Latina como a região sempre mais animada e barulhenta, a Ásia com os stands mais exuberantes e Portugal a ocupar uma superfície razoavelmente grande, bastante bonita e tecnológica.

wtm conferencias

wtm animação

Nestas duas visitas a feiras de turismo em Londres, Family Travel Show e World Travel Market, encontrei muita inspiração e contactos válidos para desenvolver futuras parcerias no meu Viajar em Família. Mas também aprendi muito e diverti-me com as diferentes animações, conheci pessoas que representam grandes marcas internacionais entre expositores e oradores, conversei com futuros parceiros e fiz algum networking com outros bloggers, maioritariamente brasileiros.

Agora, tenho de referir, sobrou muito pouco tempo para visitar o que quer que fosse na cidade de Londres já que eu estava tão concentrada nas minhas visitas às feiras. Mas aconteceu algo curioso. A cidade pareceu-me bem diferente daquilo que eu recordava da última vez que lá estive.

Notei diferença essencialmente nas pessoas com quem me cruzei na rua, agora pareceram-me muito mais prestáveis, alegres e simpáticas. Até um vendedor de castanhas (eram de Itália, eu perguntei!) me agarrou no telemóvel e fez questão em tirar uma selfie comigo, imaginem só!

wtm castanhas

Sem minimamente conseguir justificar esta alteração dos humores ingleses, lembrei-me do seguinte: da última vez que lá estive em 2013, visitei a cidade de uma forma bastante descontraída, sem horários, roteiros ou rotinas definidas. Desta vez estava focada no trabalho, tinha horas e objectivos para cumprir, reuniões agendadas. Em 2013 era Verão, agora Outono. E por uma feliz coincidência de datas, assisti ao Haloween nas ruas de Londres que também foi bastante especial.

Claro que só estas variáveis já são suficientes para alterar a percepção da cidade. E assim mais uma vez confirmei que podemos visitar um país, uma cidade, um lugar vezes sem conta com a certeza que iremos sempre ter uma experiência bastante diferente. E as palavras de Saramago ecoaram de imediato na minha cabeça:

“O fim de uma viagem é apenas o começo de outra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite, com sol onde primeiramente a chuva caía, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava. É preciso voltar aos passos que foram dados, para os repetir e traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.”

Quem é que já visitou feiras de turismo e gostava de partilhar a experiência?

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário