DICAS DE VIAGEM

Dicas de Mãe #15: Mariana do Pumpkin

25 Maio, 2014

E aqui está mais uma mãe com três dicas de viagem para partilhar. Tem toda a vontade e até coragem para viajar com a família, além de um projecto super interessante que vale a pena conhecer.

Nome da Mãe: Mariana Pessoa

Idade das Filhas: 4 e 2 anos

Projecto: Pumpkin

A Mariana decidiu criar em família o projecto online Pumpkin (era o nome que chamavam à Leonor durante a gravidez), para ajudar outras famílias a encontrarem o que precisam, porque depois de ter vivido em Londres (mudou-se para Lisboa grávida de 8 meses da primeira filha) apercebeu-se que por cá fazia falta um site que disponibilizasse dicas, informações sobre serviços para crianças ou sugestões de actividades para fazer em família. Um site para famílias felizes!

pumpkin

Leonor e Amelie em Keukenhof, Holanda

E é com três perguntinhas apenas que se aprende um pouco mais sobre viajar em família:

1 – Uma coisa que vai sempre na mala: em viagem, curta ou longa, levamos sempre: brinquedos para entreter as miúdas: bonequinhos, canetas e desenhos para colorir e um tablet com jogos e as músicas preferidas dá imenso jeito para as distrair; bolachas, pequenos snacks e garrafas de água; gomas para levantar voo e aterrar e ajudar a descomprimir os ouvidos em viagens de avião; toalhinhas, fazem sempre falta; protector solar e chapéus.

2 – Um destino que nunca desilude: São Lourenço na ilha de Santa Maria, Açores é perfeito para famílias. Uma paisagem lindíssima, a casa a metros da praia, sem televisão, é ideal para descansar a sério e gozarmos as férias em família. E ainda dá para fazer mergulho com raias ou yoga ao ar livre, é mesmo perfeito.

3 – Um erro a não repetir: quando não tínhamos crianças viajámos muito de mochila às costas, em todos os tipos de transportes. Na nossa última viagem pela Bélgica e Holanda experimentámos aviões, comboios e autocarros com 6 malas e mochilas, um carrinho de bebé e 2 crianças e descobrimos que não resulta. Sobretudo porque as estações muitas vezes não têm elevadores e temos de levar tudo ao colo, sempre a correr porque o comboio de ligação está quase a partir. Para a próxima o carrinho fica atrás (quando elas estão cansadas andam às cavalitas) e as malas têm de mesmo ser optimizadas. E vamos com mais calma, para não andar sempre a correr.

 

 

 

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário