DICAS DE VIAGEM

Dicas de Mãe #13: Sara do Coisas de Pais

22 Maio, 2014

E aqui está mais uma mãe com três dicas de viagem para partilhar. Tem toda a vontade e até coragem para viajar com a família, além de um projecto super interessante que vale a pena conhecer.

Nome da Mãe: Sara Rodi

Idade dos Filhos: 10, 8, 5 e 5 (não é gralha, são mesmo gémeos) anos

Projecto: Coisas de Pais

Os pais têm sempre muitas coisas para contar, diz a Sara. E eu só posso concordar. Às vezes são coisas que fazem sorrir, mas também arrepiar ou dar beijinhos. Porque ser pai é ser tanta coisa, que por mais que os pais escrevam, haverá sempre ainda tanto por dizer. E o blog da Sara é isto mesmo, um local onde assunto nunca falta – é o que dá ser mãe de quatro! Mas na vida desta mãe também existem histórias em forma de livros, daquelas que servem para sonhar, inspirar, encantar ou aprender.

coisas de pais

Oa manos mais velhos no Castelo de Almourol, Portugal

E é com três perguntinhas apenas que se aprende um pouco mais sobre viajar em família:

1 – Uma coisa que vai sempre na mala: comida! Se tivesse de parar e entrar num café ou pastelaria cada vez que algum dos meus filhos tinha fome, os resultados seriam desastrosos: 1. Mesmo que só um tivesse fome, todos acabariam por comer. 2. Iam querer comer tudo menos aquilo que lhes mataria a fome. 3. Algazarra na certa. 4. Desperdício de tempo, dinheiro e paciência dos pais. 5. Atraso brutal no plano de viagem. Por tudo isto, fruta, água, barritas ou bolachas nunca faltam na minha mala.

2 – Um destino que nunca desilude: aquele para onde vamos à última da hora. Tentamos não repetir os destinos, por isso quando vamos, levamos o espírito aberto à aventura, sem expectativas elevadas (até porque não tivemos muito tempo para as criar). O sucesso não é sempre garantido, mas até hoje o saldo tem sido positivo.

3 – Um erro a não repetir: ir à descoberta de um castelo em dia de Páscoa, com a roupa que íamos levar ao almoço de família. Resultado: sapatos irremediavelmente enlameados. Roupa em desalinho. A aventura é muito boa e recomenda-se…mas com indumentária à altura!

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário