Inglaterra, ROTEIROS

Kent & East Sussex Railway: o comboio a vapor inglês

29 Agosto, 2013

Escolhi o Kent & East Sussex Railway pelos locais de origem e de chegada, mas também porque fiquei fascinada com todo aquele fumo a sair, tal e qual como sempre imaginei que um comboio a vapor devia ser!

Só na região do Sudeste de Inglaterra há diversos comboios antigos, recentemente recuperados para mostrar ao visitante como antes tudo funcionava.

IMG_1614

IMG_1651

IMG_1519

Kent & East Sussex Railway liga a cidade de Tenderten à pequena localidade de Bodiam. A primeira é uma bonita e pacata cidade, onde é possível fazer compras, visitar museus, partilhar agradáveis refeições em diversos restaurantes e cafés ou brincar num interessante parque infantil (com capacidade até para entreter os jovens que já acham que não têm idade para parques infantis!!). A segunda é apenas uma pequena localidade com pouca oferta comercial.

IMG_1818

Quanto à composição do comboio: tem diversos tipos de carruagens e alguns também têm um vagão restaurante. Há umas com diversos assentos corridos e mesas ao centro (para apoio ao bar /restaurante –  passa um funcionário com uma caixa cheia de gelados e refrigerantes a perguntar se alguém quer, enquanto que as bebidas quentes e refeições leves só pedidas ao balcão).

Mas também há outras que são muito mais pequenas e têm apenas dois bancos corridos virados de frente um para o outro.

IMG_1584

IMG_1563

IMG_1529

Durante o Verão há vários horários e os bilhetes podem ser comprados mesmo antes da viagem na bilheteira da estação, onde também tem uma loja polivalente (vende livros, recordações e cafés).

As estações (tanto a de partida como a de chegada) são pequenas mas bonitas e estão muito bem cuidadas. Mantiveram algumas características antigas e até as fardas e os bilhetes são réplicas dos antigos.

As cancelas que servem para travar o trânsito na estrada, deixando passar o comboio também são só por si curiosas, pois funcionam como uma porta, fechando por completo o acesso à linha ou à estrada.

IMG_1507

O comboio parou na estação e nós escolhemos uma carruagem com bancos e mesa ao meio para conseguirmos jogar e desenhar.

E quando vimos um senhor de cabelos brancos entrar na carruagem onde estávamos sentados e aproximar-se dos nossos lugares, pensámos ser o revisor… Mas não, andava à procura de um ajudante! E o Francisco, sempre cheio de vontade de viver novas experiências, aceitou de imediato o simpático convite que lhe foi dirigido.  🙂

IMG_1534 (1)

Das funções faziam parte levar uma lanterna para o início do comboio, abanar a bandeira para dar sinal de partida e carregar numas quantas alavancas, manivelas e botões dentro da casa das máquinas.

Quando regressou, o Francisco vinha de sorriso aberto e qual fã incondicional de Harry Potter, não parava de dizer “é mesmo como nos filmes do Harry Potter!”. Não cheguei a entender bem a que se referia em concreto, mas a verdade é que esta viagem de comboio dificilmente será esquecida ou comparada a qualquer outra.

A apenas alguns metros da estação de comboio em Bodiam, portanto facilmente visitável através deste meio de transporte, encontra-se o Bodiam Castle. Para quem prefere ir até lá de carro, também é possível estacionar no grande parque de estacionamento disponível (preço: 2 libras por dia).

IMG_1228

IMG_1234

Dentro deste parque existe um grande relvado com espaço para fazer piqueniques, um café / restaurante, uma loja e um centro de apoio ao visitante que também organiza diversas actividades para toda a família (entre as quais feiras medievais).

O castelo propriamente dito é pequeno. Tem figurantes vestidos a rigor lá dentro, mas de resto considero que a visita ao seu interior é pouco interactiva para os visitantes mais jovens.

O que realmente fez toda a diferença para nós neste local foi o facto do castelo estar rodeado de água por todos os lados, sendo apenas acessível por uma ponte. É um cenário bastante calmo, bonito e fotogénico.

IMG_1375

IMG_1284

IMG_1372

O Francisco começou logo por perguntar se naquelas águas havia crocodilos pois, lembrando-se do que tinha aprendido nas aulas de História, sabia que estes castelos eram assim construídos para conseguirem estar mais protegidos dos ataques inimigos e os crocodilos encarregavam-se de não deixar os cavaleiros “maus” chegarem às portas de entrada.

IMG_1248

Os miúdos também gostaram muito dos patos e dos esquilos que por ali passeavam livremente. Acharam particular piada a um esquilo que decidiu entrar num caixote do lixo e saiu com um pau de gelado na boca.

A maior risada foi quando perceberam que ele começou a devorar, paciente e minuciosamente, todos os restinhos de comida que lá havia. Na nossa memória ficará a imagem do esquilo inglês que gostava de comer gelados!

IMG_1403

RECOMENDO TAMBÉM

2 Comentários

  • Reply Vânia 2 Setembro, 2013 at 19:20

    Lindas fotos! Fiquei morrendo de vontade de conhecer o lugar 🙂

    • Viajar em Familia
      Reply Viajar em Familia 3 Setembro, 2013 at 9:45

      Obrigada Vânia! Eu gostei muito da experiência, o lugar é realmente bastante bonito e vale a pena visitar.

    Deixe um comentário