DICAS DE VIAGEM

Curso de línguas no estrangeiro

22 Maio, 2013

image_gallery

Os meses de férias de Verão são longos e todos os anos procuro algo de diferente para fazer com os meus filhos. E cheguei à conclusão que algum dia chegará a primeira viagem sem os pais, que pode muito bem acontecer quando os jovens vão realizar um curso de línguas no estrangeiro. É quando juntam a novidade de um viagem só com amigos, com a aprendizagem descontraída e intensiva de uma língua. Eu acredito que ainda é a melhor maneira de se aprender.

Os principais icons e marcas da cultura americana vão estar em exposição no evento This is America 2013, no Parque das Nações até domingo, dia 26 de Maio. A organização é da Câmara de Comércio Americana em Portugal. A entrada é gratutita e prometem muitas actividades para toda a família, mesmo para as que não estão a pensar fazer qualquer curso de línguas!

Para as que estão, penso que a EF e a Multiway, têm uma boa oferta. E achei muito curioso o curso Pais & Filhos, que é uma experiência para as famílias com crianças mais novas (dos 7 aos 15 anos), em que os pais também aproveitam para actualizar os seus conhecimentos. O alojamento e as refeições são em conjunto, as aulas e as actividades extra em separado mas a experiência deve ser inesquecível.

Apesar da internet com o YouTube, o Facebook, o Skype e todas as outras ferramentas digitais que nos colocam em contacto com o mundo em poucos segundos eu continuo a acreditar que nada substitui uma experiência, vivida de corpo e alma.

Nada substitui chegar a um país onde nunca se esteve, pegar no mapa e começar a descobrir o caminho para os sitios onde se quer chegar. Nada substitui os cheiros, as texturas, os sabores, os sons que se vão encontrando pelo caminho. Assim como os amigos efémeros ou mesmo para a vida, que nos desafiam para uma tarde de conversa.

Acho que o mundo virtual não pode substituir o mundo real. O virtual é muito útil mas nunca poderá competir pelas sensações que nos obrigam a crescer. Eu ainda hoje me lembro e uso algumas das lições que a vida me ensinou nessas experiências. E isso não tem preço.

Alguém tem memórias de algum curso no estrangeiro que queira partilhar?

(Imagem cedida pela Câmara de Comércio Americana em Portugal)

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário