Brasil

Brasil, voltei!

6 Abril, 2016

Brasil, voltei!… A frase não me saiu da cabeça assim que ouvi o Comandante anunciar que estávamos a iniciar a descida para o Rio de Janeiro, eventualmente a cidade mais mágica e visitada do Brasil. Eu já tinha estado na Cidade Maravilhosa em 2012, por apenas dois dias, mas a expectativa em relação a esta nova estadia era mais que muita!

brasil

Até porque agora não era a minha estreia no Brasil, como tinha sido há quatro anos atrás, por isso a abordagem e a segurança com que encarava os passeios previstos era evidentemente diferente. E desta vez estava a trabalho e não de férias como dessa primeira visita (quando ainda nem sequer tinha imaginado que um dia iria ter um blog de viagens).

brasil

Aliás, também tenho de referir como me sinto grata pelo privilégio que tive desde 2012, com a oportunidade de visitar o Brasil três vezes e de formas muito distintas: em casal, com os miúdos e em trabalho. Perspectivas diferentes que me ajudaram a ter experiências bem diferentes neste enorme e fantástico país.

Tenho de admitir também que o Brasil sempre foi um destino que fui deixando para visitar mais tarde. Ao longo dos anos nunca teve grande prioridade na minha wishlist de viagens, mas a verdade é que me rendi assim que o conheci.

A minha primeira viagem foi muito diversificada, com visitas a grandes cidades, famosos parques naturais ou ainda praias quase desertas, escolhendo tanto pernoitar em pequenas pousadas como em enormes hotéis de cinco estrelas, o que possivelmente terá feito toda a diferença, determinando até a minha abrangência de conhecimentos do país.

Ou seja, fiquei logo ali com uma perspectiva bastante completa das potencialidades do Brasil e a imagem de um destino de sol e praia, que tinha vindo a construir durante décadas, por influências várias, veio afinal a revelar-se bastante redutora da realidade.

E é por isso que também digo sempre, não há nada como visitar um lugar com os nossos próprios olhos. Por muita leitura que se faça, por muita conversa que se tenha, não há como ir, ver e experimentar na primeira pessoa. Tudo será potencialmente diferente daquilo que possamos imaginar. Até porque somos todos indivíduos diferentes, com preferências e saberes únicos.

brasil

E quanto ao Rio de Janeiro? Meus meninos e minhas meninas, meus senhores e minhas senhoras diria que é uma cidade para não deixar ninguém indiferente! Mesmo com todos os problemas sociais conhecidos, penso que a grande maioria das pessoas ficará completamente rendida à sua beleza e encantada com tamanha exuberância natural. Ouvi da boca de um taxista que o Rio não é a Cidade Maravilhosa, como normalmente se diz, mas sim que a cidade foi construída num lugar maravilhoso.

É uma perspectiva interessante, sem dúvida, mas que vou deixar ao critério de cada um avaliar. Da minha experiência, diria que o Rio de Janeiro é uma cidade que habita o imaginário de muitos viajantes, uma cidade que deixa saudades e que faz sonhar.

brasil

A pior parte da história? As quase 10h de voo desde Portugal! Porque saibam que quanto a limpeza, segurança e oportunidades de visitas, o Rio está bem melhor do que quando o visitei em 2012.

Desta vez, decidi ficar a dormir e fazer várias visitas no centro da cidade, lugar que durante anos sofreu de bastante insegurança, mas que aos poucos começa a ser devidamente valorizado e, que com os devidos cuidados, é perfeitamente visitável.

brasil

Fiquem atentos, pois é precisamente sobre isso que falarei aqui nos próximos posts!

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário