DICAS DE VIAGEM, Espanha

Barcelona em família: dicas de transportes, hotéis e restaurantes

26 Janeiro, 2014

Depois das sugestões de passeios e visitas em Barcelona, reuni agora também algumas dicas de como se podem movimentar, dormir ou comer por lá, de forma a melhor usufruir da cidade. A saber:

TRANSPORTES

Há vários voos directos diários (com duração de cerca de 2h) desde Lisboa e Porto pela TAP, Iberia, Vueling e Ryanair. Como habitualmente, a antecedência é importante para se conseguirem os melhores preços, que podem começar nos 60 euros pelas low cost.

O centro da cidade, Praça Catalunya, está a cerca de 30 minutos de autocarro – Aerobus –  desde o aeroporto. PREÇO: 5,90 euros (ida) ou 10,20 euros (ida e volta – válido durante 15 dias)

A cidade tem uma boa e fácil rede de transportes públicos: metro, eléctrico, comboio, autocarros, funiculares. PREÇO: 2 euros (1 viagem) e 10,20 euros (10 bilhetes). As crianças (em alguns locais a partir dos 4, noutros a partir dos 7 anos) pagam o mesmo preço do adulto.

O mesmo bilhete dá em todos os transportes públicos colectivos da cidade e cada viagem é válida durante 1h15m depois da primeira vez que se utiliza (ou seja, durante esse tempo pode-se andar de metro e autocarro, por exemplo, apenas pagando um bilhete).

Barcelona é também uma cidade com muitas bicicletas urbanas e por isso é possível alugar bicicletas com muita facilidade. Habitualmente são as pasteleiras coloridas que servem para este fim (que eu acho lindas), mas da última vez conheci as bicicletas eléctricas. Encontrei uma empresa com duas localizações excelentes (longe das estradas com trânsito e muito perto das praias e seus largos passeios): a rent-electric.

Mesmo que já tenham andado de bicicleta noutros locais, recomendo esta experiência diferente. Poupa-se tempo nas deslocações, dá-se ritmo à visita (importante, para os miúdos não começarem a reclamar que querem parar e descansar…) e ganha-se a visão de um habitante que usa este meio de transporte diariamente, numa cidade preparada para isso. PREÇO: a partir de 6 euros/ 2 horas

Outro meio de transporte bastante curioso e pouco usual para levar os miúdos, com vistas espectaculares, é o teleférico. Em Barcelona existem dois (um vermelho e outro cinzento):

Teleférico de Barcelona (vermelho) – liga a Torre de São Sebastião (perto do clube de natação – Barceloneta) ao parque Montjuic. PREÇO: 11 euros (ida) e 16,50 euros (ida e volta)

Teleférico de Montjuic (cinzento) – liga a estação de metro Paral.lel  ao parque Montjuic (percurso bastante inclinado). PREÇO: 7,50 euros (adulto ida) e 10,80 euros (adulto ida e volta) / 5,80 euros (4-12 anos ida) e 7,80 euros (4-12 anos ida e volta)

HOTÉIS

Como cidade completa que é, Barcelona também oferece todo o tipo de alojamento, desde hostels (giros e modernos), a hotéis de 5 estrelas (com todo o conforto e mordomias), passando pelos apartamentos (muito conveniente para as famílias) e o campismo (prático e divertido no Verão).

Em cidade com os miúdos, eu dou sempre muito mais prioridade à localização (não esquecendo a limpeza e conforto, claro) e bastante menos aos serviços que o hotel possa oferecer, pois o objectivo é aproveitar toda a oferta cultural e de lazer da própria localização durante o dia e chegar à noite, descansar e preparar o dia seguinte, por isso não valorizo as piscinas ou os ginásios.

Na pesquisa para a nossa última visita a Barcelona, experimentei o site Trivago, onde se pode escolher por número de estrelas, avaliações de clientes, preço (e até por crianças/grupos). É uma pesquisa útil principalmente porque se fica logo a saber qual o preço mais baixo de determinado hotel nos principais motores de busca que existem, poupando assim algum tempo – nestes casos, eu normalmente pesquiso pelo mapa e não pela lista pois interessa-me saber onde está o hotel na planta da cidade.

RESTAURANTES

Apesar de considerar que a restauração é de uma forma geral mais cara (em comparação com os preços e a qualidade praticados em Portugal), nas Las Ramblas – local muito central e turístico – existem vários restaurantes com um menu de entradas de tapas, a famosa paella e bebida a partir de 7 euros.

Muitos dos restaurantes, também têm o menu do dia onde se pode comer entrada, prato, bebida e sobremesa por cerca de 10 euros.

Um dos locais onde mais gostei de comer foi a Praça Real. É um local muito agradável, especialmente para jantar, pois todos os restaurantes têm mesas no exterior, com aquecedores e mantas (quando necessário) e todo o movimento, animação e iluminação contribuem para um ambiente descontraído.

Pais e crianças adeptas de fast food não se preocupem!…também existe muita oferta de: hamburguers, pastas e sandes (por lá conhecidas por bocadillos). Algumas destas cadeias de restaurantes são muitas vezes úteis, mais que não seja, pela conveniência de wc’s e wifi gratuitos!

Para algo mais doce, recomendo um local que encontrei por acaso:

Vioko – é uma loja de gelados e chocolates, em Barceloneta (no lado oposto ao Aquàrium) e acho que merece uma visita de todos, nem que seja pela bonita e cuidada apresentação da loja e dos produtos, além do simpático atendimento que também marcou pontos positivos. E aviso já, gulosos e menos gulosos, crescidos e menos crescidos: vai ser difícil sair sem provar qualquer coisa!

RECOMENDO TAMBÉM

Deixe um comentário