DICAS DE VIAGEM

Alojamento de férias entre particulares

21 Dezembro, 2015

Os miúdos estão outra vez de férias! Mas este ano, nem parece que estamos onde estamos – em plena época natalícia. Sol brilhante e temperaturas de quase 20 graus, como temos tido aqui em Portugal, não fazem nada lembrar o Natal…(mas bem que pode continuar assim).

Além disso, o bom tempo facilita bastante as saídas e os passeios em família. E isso é muuuito bom! Como sempre, durante estas férias escolares vamos aproveitar para passar algum tempo juntos e passear, descobrir, visitar, experimentar… Vontade há, agora só falta mesmo decidir onde e como. 🙂

Sabem como gosto de experimentar conceitos diferentes por isso gostava de explorar melhor uma tendência, que em alguns casos pode ser uma boa alternativa aos hotéis, e que é o arrendamento de alojamento de férias entre particulares.

media ferias

É algo que tem vindo a crescer bastante nos últimos anos em Portugal, e é sem dúvida um tipo de alojamento com várias vantagens para as famílias que querem programar as suas próprias férias.

Nós já utilizámos duas ou três vezes, porque nem sempre se encaixam nos nossos planos de viagem mas acho que podem funcionar bem em algumas situações específicas. Porque dá para ter autonomia de movimentos e poucas preocupações de horários de entrada/saída ou de comparecer ao pequeno-almoço, por exemplo.

Também é perfeito para quando estamos com um grupo de amigos e queremos ficar todos juntos. Ou quando há crianças pequenas, porque sei o quanto é importante ter acesso a uma casa inteira, com sala e cozinha que tanto serve para conviver como para preparar as refeições da família livremente.

Com o alojamento de férias entre particulares, é possível então manter alguma privacidade, autonomia e até poupar nas refeições, já que são confeccionadas em casa e não consumidas em restaurantes.

Além disso, acho que para as estadias mais longas, uma máquina de lavar roupa (normalmente incluída no alojamento) também pode facilitar bastante a gestão da roupa lavada e suja durante as férias em família. Muitas propriedades têm ainda algum espaço exterior e outras mordomias como piscina e jardim, o que é sempre bastante agradável para o merecido descanso familiar. 🙂

E não esquecer que no estrangeiro, pode ainda funcionar como uma boa forma de conhecer um pouco melhor a realidade local, porque ao viver temporariamente em casas típicas e reais, às vezes em cidades outras vezes em lugares um pouco mais afastados dos centros urbanos, aprende-se mais sobre os habitantes e os hábitos daquele país.

Eu achei piada ao MediaFerias.com, pois é o único site que indica a distância entre a casa alugada e o mar. Sim, o mar, em férias é sempre um dado importante a ter em conta, qualquer que seja a época do ano, certo?

imagem MediaFerias.com

imagem MediaFerias.com

imagem MediaFerias.com

imagem MediaFerias.com

imagem MediaFerias.com

imagem MediaFerias.com

Além disso, este site com aluguer de alojamento de férias entre particulares funciona assim:

É prático – Como é um alojamento de férias realizado directamente entre particulares, cada um pode facilmente fazer a sua própria pesquisa. Existe um mapa interactivo que permite descobrir as distâncias entre o alojamento e os vários pontos de interesse turístico nas redondezas e ainda uma vista do céu em 3D. Depois da escolha feita e decisão tomada, é só contactar o proprietário.

Sem comissões – Não há comissões entre proprietário e inquilino (o dono da casa paga um valor anual para difundir o anúncio no site da MediaFerias.com), por isso o valor anunciado é o valor que a família vai pagar pelo alojamento de férias sem mais custos escondidos.

Garantia de qualidade – Apesar de ser uma marcação realizada na internet, é totalmente segura já que conta com ferramentas e procedimentos sofisticados que permitem verificar a veracidade das informações e ainda uma política de qualidade assente na criação de inquéritos e comentários de todos os utilizadores reais.

A escolha é variada – Há muita variedade nos destinos (centenas de países pelo mundo) e diversas capacidades nos alojamentos, de forma a agradar a todos. Pode-se fazer a pesquisa por temas: campo, montanha, praia, cidade ou até por outros itens bem interessantes como por exemplo “pés dentro de água”, “com piscina”, “animais aceites” e “em promoção”, já que dá sempre para escolher um alojamento de férias entre particulares com descontos de última hora.

Fica a ideia. E já sabem, qualquer que seja a minha decisão para as nossas férias, eu depois partilho a experiência por aqui. 🙂

E agora gostava de saber, quem é que tem experiência neste tipo de alojamento de férias entre particulares?

RECOMENDO TAMBÉM

2 Comentários

  • Reply Eulália 17 Janeiro, 2016 at 11:02

    É realmente um óptimo modo de ter férias de qualidade a bom preço. Quando os meus filhos eram pequenos as nossas férias eram passadas a viajar de carro pela Europa. Chegámos à Grécia desse modo. Uma aventura! Não tenho dúvida que estas férias e estes conhecimentos fizeram deles os adultos que hoje são! Partem com toda a facilidade seja para onde for e o mundo é a casa deles.
    Alguns Verões utilizámos a INTERVAC um site de troca de casas. Nessa altura só havia 35 famílias portuguesas a utilizar e havia uma procura enorme por parte dos estrangeiros de modo que era muito fácil encontrar uma casa no sítio que se pretendia. Estivemos 3 semanas em Londres numa casa típica com vários andares, num apartamento em Paris perto dos jardins do luxemburgo, em Barcelona num apartamento em frente ao porto. Tudo muito bom. Há regras de cortesia entre as famílias que trocam as casas: Deve ser deixada no frigorífico a primeira refeição para que quando se chegue não se tenha de ir logo ao supermercado. Eu deixava sempre mais coisas. Deixam-se também informações sobre a zona, mapas, folhetos turísticos. A família de Paris ofereceu 2 ingressos na eurodisney. Podem fechar-se num armário ou numa divisão os bens que não querem que sejam utilizados mas devem avisar com antecedência a família. As roupas de cama que são para utilizar, bem como as toalhas devem ficar separadas. Nunca houve problemas e, como diz, é muito diferente de passar férias num hotel porque, deste modo, se conhecem os hábitos e o modo de viver destas famílias. Quando construí a minha casa fui buscar muitas ideias práticas ao modo como estas famílias organizavam a sua casa de um modo descomplicado, prático e sem dar muito trabalho. Aprendi muito! Recomendo vivamente.

    • Viajar em Família
      Reply Viajar em Família 17 Janeiro, 2016 at 22:22

      Muito obrigada Eulália por toda a partilha. Nunca utilizei essa opção de troca de casas, mas agora fiquei super curiosa 🙂

    Deixe um comentário